Blog Dicas de Saúde

Detox Green - desintoxicando para emagrecer

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 14/08/2017

Com a rotina pós-moderna, a correria do dia a dia e a má alimentação acabam contribuindo para aumentar os níveis de toxinas presentes no nosso corpo. Além das já produzidas naturalmente, ainda estamos em contato diariamente com agrotóxicos, medicamentes e agentes poluidores. O resultado dessa soma não é nada positivo. Essas substâncias sobrecarregam e atrapalham o pleno funcionamento do organismo.

Se você é uma pessoa que gosta de estar ligada no que acontece ao seu redor e ainda se importa com o seu bem-estar físico e mental, com certeza já ouviu falar sobre o Detox. Este é um termo que tem sido usado com uma frequência cada vez maior pelas pessoas e, principalmente, pela mídia especializada em nutrição e saúde.

Muitas vezes, este conceito é associado a dietas da moda, ligadas apenas ao emagrecimento que podem proporcionar aos adeptos.

O conceito de detox vai muito além do simples emagrecimento.

Ele se refere ao processo de limpeza do organismo, à limpeza das substâncias impuras que são introduzidas principalmente através de exageros na alimentação.

O fígado é o órgão responsável por fazer a absorção das substâncias que são ingeridas, tanto pela alimentação, quanto por meio da respiração, do contato com substâncias que podem ser absorvidas pela pele, etc.

A partir da limpeza do fígado é possível diminuir a presença das toxinas, aumentando a capacidade funcional deste órgão, para que ele possa absorver ao máximo os nutrientes de qualidade que forem ingeridos.

Outro passo fundamental do processo de desintoxicação é a ingestão de líquidos. Além do consumo do Detox Green, é fundamental aumentar consideravelmente a ingestão de água, de 3 a 5 litros por dia, otimizando a capacidade de absorção do fígado e a função diurética do processo e potencializando a limpeza do organismo. E aí sim, emagrecer com qualidade e eficiência.