Blog Dicas de Saúde

Garcínia vem ganhando destaque como a planta que tira a fome e a compulsão por comer doces

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 19/11/2018

Você conhece a Garcínia? Esta planta é uma forte aliada na guerra contra a balança. Trata-se da Garcínia cambogia, uma planta originária das florestas do Camboja, sul da África e Polinésia, cujo fruto apresenta um componente capaz de reduzir a fome e a vontade de comer doces.

 O sucesso que Garcínia cambogia está fazendo no combate a obesidade e em dietas de emagrecimento, deve-se não só a sua ação de reduzir o apetite, mas também porque a planta atua por mecanismos exclusivamente metabólicos, sem interferir no Sistema Nervoso Central.

Estudos indicam que o componente presente na Garcínia cambogia, responsável pela redução das gorduras e pelas propriedades saciantes, é o ácido hidroxicítrico encontrado na pele do fruto.

Podemos esperar ação do ácido hidroxicítrico (AHC) nos seguintes casos:

- Como agente bloqueador de gorduras: o excesso de carboidratos ingerido é transformado e armazenado como gordura. Neste processo é necessária a participação de uma enzima chamada ATP-citratoliase. O AHC liga-se a esta enzima bloqueando-a e, por consequência, inibindo o armazenamento de gordura.

 - Direciona as calorias para outro destino: Ao bloquear a ATP-citratoliase, o AHC acaba por transferir as calorias para a formação do glicogênio (um tipo de açúcar armazenado nos músculos e no fígado). Com o fígado armazenando mais açúcar na forma de glicogênio, ocorre a inibição da vontade de comer doces.

 - Como redutor do apetite: o AHC controla o apetite ao promover uma maior síntese de glicogênio, ou seja, quando as reservas de glicogênio estão altas, os receptores do açúcar no fígado são estimulados e enviam um sinal de saciedade ao cérebro. De outro lado, o AHC também tem a capacidade de estimular a liberação da serotonina, um neurotransmissor diretamente envolvido no controle do apetite.

 Todas essas propriedades têm feito da Garcínia cambogia um ótimo recurso natural para alterar a fisiologia do organismo no sentido de promover a perda de peso. É claro que a planta não é milagrosa. Não basta usar a Garcínia e passar a comer qualquer alimento em qualquer quantidade e achar que vai perder peso. É necessário aliar seu uso a atividade física para estimular a queima de gordura, além de adotar uma dieta saudável, com poucas gorduras e baixas calorias.

Garcínia você encontra na Mais Natural.