Blog Dicas de Saúde

Linho Oliva: colesterol e triglicerídeos em dia

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 28/07/2019

Só porque sua dosagem de colesterol deu acima do recomendado, não quer dizer que sua vida tem que se tornar um inferno. Sim, um caso de colesterol alterado necessita algumas regras, mas nunca esqueça que seus novos hábitos só podem ser eficazes se pensados em longo prazo.

Não há segredo: para reduzir o colesterol, é necessário modificar seus hábitos alimentares. Sabemos também, que as restrições alimentares demasiadamente duras não resistem à prova do tempo. Sem excessos nem frustrações, devemos optar por uma alimentação anticolesterol durável.

Já sabemos que o consumo de gorduras saturadas e trans não são nada saudáveis  e que devemos evitar ao máximo o seu consumo, pois são extremamente prejudiciais ao organismo e estão diretamente ligadas ao desenvolvimento e piora de diversas doenças. Mas as gorduras insaturadas, conhecidas como a turma do bem, auxiliam na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos, na redução da pressão arterial e na diminuição da agregação plaquetária. Além disso, têm ação antioxidante, anti-inflamatória e imuno-estimulante.

O Linho Oliva é uma boa fonte deste nutriente, pois evita o acúmulo da gordura visceral, que provoca doenças cardiovasculares e diabetes, combate a osteoporose e inflamações. Uma transformação ocorre no seu organismo, mais precisamente no abdômen, quando você o consome: ele impede o depósito de gordura bem ali, na linha da cintura.

A combinação do Óleo de Linhaça e do Azeite de Oliva faz deles um alimento funcional. Isso significa que, além de nutrir nosso corpo, sua ingestão contribui para a manutenção de diversas funções metabólicas e, consequentemente, para a qualidade de vida!