Blog Dicas de Saúde

Linho oliva: reduzindo colesterol e as gorduras abdominais

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 07/07/2017

Cuidar da sua saúde nunca é demais, e para auxiliar com esse cuidado, a mistura dos Óleos de Linhaça e de Oliva tem inúmeros benefícios.

O azeite de oliva é obtido a partir da prensagem de azeitonas maduras e o óleo de linhaça vem das sementes da planta do linho, que são tratados exclusivamente por processos físicos: lavagem, moagem, prensa fria e centrifugação. Não são adicionados produtos químicos para agilizar a extração, por isso, o resultado é um produto de boa qualidade.

Conseguir uma boa ingestão de ômega 3 e ômega 6 na dieta é muito importante, pois estes ácidos graxos poli-insaturados são gorduras essenciais que ajudam a reduzir inflamações.

Atualmente, a alimentação ocidental prioriza o consumo de carboidratos, ou seja, ele está na base da alimentação. Os carboidratos não são nutrientes essenciais, pois a energia que provém dos carboidratos, conseguimos obter a partir de outros nutrientes como as proteínas e as gorduras.

Ao contrário dos carboidratos, as gorduras são extremamente importantes para o nosso corpo. Elas desempenham funções essenciais como, por exemplo, a composição das membranas das nossas células, sendo que a maior parte dos nossos hormônios também são desenvolvidos a partir de gorduras.

As pessoas que seguem uma dieta mediterrânica tendem a ter um aumento de HDL, ou colesterol “bom”. A dieta mediterrânea enfatiza gorduras saudáveis, como o azeite de oliva e o óleo de linhaça, e têm um equilíbrio saudável entre os ômegas.

Uma das melhores maneiras de prevenir as doenças cardíacas é incluir na dieta uma baixa ingestão de gorduras saturadas, trans e incluir gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas encontradas no Linho Oliva da Mais Natural!