Blog Dicas de Saúde

Os temperos funcionais e seus benefícios

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 20/04/2017

Além de realçar o sabor dos alimentos, temperos e especiarias podem colaborar para manter o organismo equilibrado. Mas é preciso conhecer os benefícios de cada um para saber como usá-los nos pratos.

Muitas pessoas ainda desconhecem e pouco exploram os benefícios dos temperos naturais. Com a correria do cotidiano, fazem uso dos diversos temperos industrializados que acentuam o sabor e são cheios de conservantes e produtos químicos. Os temperos funcionais ajudam o organismo a exercer e melhorar suas funções. São naturais e podem passar pela indústria para empacotamento, mas não podem ter sua composição original alterada ou passar pelo processo de refinamento.

O segredo é testar os temperos funcionais em diferentes pratos, para selecionar de acordo com o paladar da pessoa. Quando usados para temperar as carnes cruas, eles penetram mais e deixam o sabor bem ressaltado. Já no prato pronto o realce é mais suave.

Muitos dos temperos funcionais, além de prevenir doenças, têm efeito calmante e ainda colaboram no emagrecimento. Eles são termogênicos. Têm a capacidade de interferir no metabolismo do tecido adiposo, acelerando o metabolismo e auxiliando na queima da gordura. Exemplos são as misturas que levam gengibre, cravo, canela, o açafrão e as pimentas.

Como realçam o sabor dos pratos, os temperos funcionais também colaboram para reduzir o volume de sal utilizado e ajudam a valorizar o visual das receitas dietéticas e light. O frango por exemplo apelidado de ‘anêmico’ por conta da falta do dourado que a gordura proporciona, ganha outro visual quando usamos o açafrão, que dá coloração e têm ação antioxidante, trazendo benefícios à saúde.

Até mesmo o sal, conhecido como um dos vilões da alimentação saudável, por conta do alto índice de sódio, responsável por aumentar a pressão arterial, ganha substituições entre os temperos funcionais. O sal rosa do himalaia, embora possua sódio, é rico em nutrientes.